Escolha uma Página

SEO para YouTube: O Guia Definitivo para Começar a Fazer Vídeo Marketing

Em 2019, o vídeo ainda tem muito poder. Atualmente ele continua sendo uma das melhores implementações para sua estratégia de marketing. Por isso, devemos tomar muito cuidado com o SEO para YouTube.

A partir de agora, o YouTube é o segundo site mais acessado no mundo. Logo, ele está atrás só do Google, que é proprietário do YouTube. E pelo fato do YouTube ser um motor de pesquisa, os vídeos precisam de uma otimização muito melhor do que páginas ordinárias da internet.

Além disso, otimizar os vídeos não apenas resulta em classificações muito mais altas no ranking do YouTube. Isso também aumenta significativamente as chances de aparecer nos resultados de pesquisa do Google, aumentando assim o tráfego.

Então, você quer aprender mais sobre otimização do Youtube para dar um impulso na visibilidade da sua marca? Confira nosso artigo.

1° Passo: Realizar pesquisas de palavras-chaves no YouTube

Trabalhar inteligentemente é a abordagem que você deve tomar quando falamos de marketing. Isso também acontece quando o assunto é SEO para YouTube.

1. Ache Palavras-chave Relacionadas

Assim como muitas outras coisas no SEO para Youtube, a otimização de um vídeo começa com uma pesquisa de palavra-chave. Nesse passo, você vai precisar achar as palavras-chaves mais relevantes para seu nicho. Ou seja, palavras-chave que usuários estão usando para procurar por um produto similar ao seu.

Uma das ferramentas mais confiáveis para essa atividade é o Google Keyword Planner. Essa ferramenta disponibiliza várias variações de palavras-chave, juntamente com sua competitividade baseado nos termos que você digita.

youtubeseo_003

youtubeseo_003

 

2. Analise tendências de pesquisas

Outro jeito de enriquecer sua palavra-chave com frases-alvo muito poderosas ,é ter uma ideia das tendências de pesquisa em seu setor. Ou seja, usar o recurso de preenchimento automático do YouTube para isso.

Esse método é excepcional pois deixa você coletar palavras-chave que as pessoas realmente digitam no youtube.

Você também pode dar uma olhada nos vídeos mais populares que são parecidos com o seu e copiar as palavras-chave do vídeo já otimizado. Além disso, com a ajuda do preenchimento automático do YouTube você pode coletar várias idéias para futuros vídeos.

youtubeseo_008

 

O Google Trends é outra brilhante ferramenta para analisar as tendências de pesquisas. Além disso serve para comparar palavras-chave de acordo com sua popularidade. Para que a ferramenta forneça dados específicos do YouTube, mude a opção “Pesquisa na web” para a Pesquisa do YouTube.

Além de fornecer uma compreensão sobre o que é a tendência do seu nicho no momento, a ferramenta mostra como o número mensal de pesquisas muda com o tempo e ainda estima a popularidade da palavra-chave em uma determinada área geográfica.

O Google Trends também se torna muito útil quando você tem uma lista de palavras-chave e quer comparar suas popularidades entre si.

youtubeseo_011

 

3. Coletar Palavras-chave de Vídeos

Eu tenho certeza que você notou que vídeos do YouTube aparecem junto com outros sites nos resultados do Google. Isso acontece para algumas palavras-chave em específico. Aliás, 20 a 40% do tráfego do YouTube é gerado pelas pesquisas orgânicas.
É por isso que coletar e otimizar palavras-chave para vídeos podem aumentar consideravelmente as chances de lutar por um lugar nos resultados orgânicos do motor de busca da Google.
youtubeseo_006
O melhor jeito de coletar esses termos é digitando suas palavras-chave alvo no Rank Tracker. Assim você consegue ver se nas páginas dos resultados está incluso algum vídeo. Isso define quais palavras-chave tem maior tendência de mostrar um vídeo nos resultados orgânicos do motor de busca.youtubeseo_013

2° Passo: Otimizar os Metadados do Vídeo

Gostando disso ou não, o Google e o YouTube implementaram o recurso de reconhecimento de objetos. Ou seja, o YouTube pode agora identificar objetos no seu vídeo enquanto estima sua relevância para uma consulta de pesquisa em particular. Basicamente, os metadados dos vídeos tem perdido um pouco do seu poder, o que não significa que isso não deve ser otimizado. Aliás, é de grande importância para nós. Isso por que é exatamente o que usuários usam para considerar se clicarão ou não em um vídeo. Além disso, é aconselhável fazer o upload de um vídeo com seus metadados já otimizados, em vez de 48 horas após o lançamento. Caso contrário, o algoritmo o classificará como indigno.
Então, aqui explicaremos como otimizar os metadados do seus vídeos para satisfazer ambas pesquisas e para otimizar o SEO para YouTube.

1. Crie um título rico em palavras-chave

Acredito que não é surpresa pra ninguém que um título de um vídeo é a primeira coisa e as vezes a única coisa que o motor de busca considera quando estima a relevância do vídeo. Então, um título perfeito deve incluir palavras-chave que consigam resumir o tópico do seu vídeo.
Tente fazer com que ele chame a atenção. Porém, não use falsas promessas ou clickbaits (iscas). Também é uma boa ideia olhar para os títulos de seus competidores para inspiração.
Como regra geral, os vídeos com palavras-chave de correspondência exata no título apresentam uma classificação muito melhor. A explicação é: usuários vêem exatamente o que digitaram na barra de busca, portanto, esses vídeos parecem mais relevantes.
Além disso, seus títulos não devem exceder o limite de 60 caracteres pois se exceder será tirado fora do ar.

2. Otimize a Descrição

Apesar das descrições dos vídeos terem um limite de 1000 caracteres, os primeiros 100 são os mais importantes. Isso porque esses caracteres são os que já aparecem sem que os usuários precisem clicar em “Leia mais”. Por isso é importante colocar suas palavras-chave, CTAs, e links para suas mídias sociais no começo da descrição.
Outra opção é incluir uma transcrição na sua descrição. Mesmo assim, eu não recomendaria você depender totalmente das transcrições automáticas do YouTube. Certifique-se de corrigi-los ou considere usar um serviço de transcrição. Por exemplo, o TranscribeMe pode fazer todo o trabalho para você.

3. Crie uma Miniatura Personalizada

A miniatura do vídeo é a primeira coisa que usuários vêem do seu vídeo. Isso acontece pois a informação visual é percebida mais rapidamente do que a informação em forma de texto. Como resultado disso, é comum que as pessoas julguem o livro pela capa e decidam assistir outro vídeo baseando-se na qualidade, no valor da informação e da estética de sua miniatura. Por isso eu não recomendaria usar uma miniatura gerada automaticamente pelo YouTube. Pense em criar uma customizada ao invés disso. Esse é um passo importante de SEO para Youtube.

Primeiramente, para fazer sua miniatura ficar bem em qualquer dispositivo, certifique-se de que ela segue os padrões da lista abaixo:

  • 1280×720 pixels
  • 16:9 ratio
  • < 2 MB
  • .jpg, .gif, .bmp, or .png format.

Obviamente, sua miniatura deve ser atraente para que o usuário queira clicar em seu vídeo. Também é uma boa ideia adicionar um texto à sua miniatura para torná-la mais informativa.

4. Adicione Tags de Vídeos.

Otimizar as tags de seus vídeos ajudam os usuários a descobrirem seus vídeos. As tags até aparecem como “palavras-chaves” no seu código fonte. O melhor jeito de ter uma ideia de quais tags adicionar ao seus Vídeos é observando quais seus competidores estão usando. Para isso, basta instalar o TubeBuddy e a ferramenta mostrará as tags exatas com as quais o vídeo é otimizado.

youtubeseo_014

 

Quando você vai otimiza-las, é melhor começar com tags mais específicas e longas (assim como “como treinar filhote de labrador). Eventualmente, é preciso reduzi-las a frases mais amplas (como “treinamento do cão”). E não se esqueça de incluir as pessoas que participam do seu vídeo assim como o nome da sua marca nas suas tags.

5. Adicione Hashtags

Usar hashtags é outro jeito de dar um impulso na capacidade de pesquisa dos seus vídeos. Tudo que você precisa é adiciona-las na descrição dos seus vídeos, e elas vão aparecer acima do título.

Pelo fato das hashtags serem adicionadas recentemente a plataforma, alguns vídeos antigos podem não ser otimizados com elas. Portanto, faça questão de ir atrás desses vídeos antigos e adicionar as hashtags.

youtubeseo_012

 

Certifique-se que as hashtags adicionadas reflitam o conteúdo que os usuários esperariam ver depois de digitar ou clicar em uma hashtag. Além disso, também é importante observar que o YouTube limita o número de hashtags a 15 para um único vídeo. Por isso, não use em excesso.

3° Passo: Melhore a Retenção de Usuário e o Engajamento

Uma vez que o tempo de exibição e a retenção de público tornaram-se sinais importantes de classificação, o YouTube da uma recompensa a vídeos que mantém pessoas por um longo período de tempo pois isso determina seus critérios de qualidade de conteúdo.

Em adição a isso, alguns indicadores de engajamentos como comentários também tem uma forte correlação com os rankings da plataforma. Então, aqui falaremos como você pode impulsionar o tempo de exibição, a retenção de usuários e o engajamento dos seus vídeos.

1. Otimizar o Tempo de Exibição

A melhor coisa para começar a otimizar o tempo de exibição de seus vídeos é analisando os relatórios do tempo de exibição. Esses, podem te dar informações importantes ​​sobre a duração média da visualização, a porcentagem média visualizada e a retenção de público.

Assim as informações ajudam você a entender o quão engajados seus espectadores estão e identificar os pontos fracos de sua estratégia.

Se você perceber que os espectadores não passam da sua introdução, pode significar que ela está longa demais. Nesse caso, tente tirar todo o contexto desnecessário e pular direto ao ponto.

Para aumentar as visualizações gerais de seu canal, considere promover outros vídeos durante seus vídeos ou na descrição. Também é uma boa ideia combinar vídeos que tratam de tópicos similares em uma playlist – eles serão reproduzidos automaticamente toda vez que alguém assistir a um vídeo da série.

2. Encoraje o Engajamento

Assim como o tempo de exibição, os likes, as inscrições e os comentários tem uma forte correlação com a classificação dos vídeos. O primeiro passo para encorajar espectadores a interagir com seus vídeos é identificar as áreas que precisam de melhorias.

E não tem jeito melhor de fazer isso do que com a ajuda do YouTube Analytics – ele permite que você veja exatamente os vídeos que geraram inscrições e cancelamentos de inscrição assim como os lugares onde um tipo de conteúdo é mais popular.

Para encorajar seus espectadores a comentar, faça uma pergunta direta a eles no final de seu vídeo. E é claro, certifique-se de responder a eles para provocar uma futura discussão e fazer sua audiência se sentir ouvida.

Outra estratégia que está ganhando popularidade, particularmente entre blogueiros, é fazer sorteios que pedem likes, inscrições e comentários em um vídeo. É claro, vários deles vão cancelar a inscrição logo após o sorteio acabar mas ainda, um grande número de novos inscritos podem dar a seu vídeo um belo impulsionamento na classificação.

3. Melhore seu Canal

Um dos melhores jeitos de melhorar seu canal é adicionar interações no seu vídeo por meio de Cards. Em um vídeo pode se ter até 6 tipos variados baseados em o que você quer promover: canal, link, enquete, vídeo ou playlist, e cards de doação.

youtubeseo_009

 

As telas finais também podem ajudar bastante você a direcionar seus espectadores a outros vídeos seus assim como ganhar um pouco mais de tempo de exibição. Adicione telas finais aos últimos 5-20 segundos e promova um vídeo/playlist ou outro canal, encoraje a audiência a se inscrever, e compartilhe links de sites aprovados.

vídeos e recomendado

 

Com 85% dos vídeos do Facebook sendo visto com o volume no 0, adicionar legendas tem se tornado cada vez mais uma necessidade. Além disso, é uma ótima oportunidade de fazer seus vídeos compreensíveis para os espectadores com deficiência auditiva ou pessoas que falam outro idioma. Portanto, considere a implementação de legendas e closed captions.

E a última coisa mais não menos importante é a qualidade de seus vídeos. A questão é que vídeos em formato HD são muito mais apreciados por ambos usuários da plataforma e o próprio YouTube – 68.2% dos vídeos da primeira página do YouTube são HD. Logo, certifique-se que seu vídeo esteja nesse formato se ele ainda não está.

4° Passo : Promova seus Vídeos

Embora a pesquisa de palavras-chave, a otimização de metadados e a melhoria da retenção de usuários sejam atividades super importantes, elas dificilmente trarão lucro se o vídeo não for visto em lugar nenhum. Então, veja como você pode promover seus vídeos e ganhar visualizações extras.

A primeira coisa que vem a sua mente quando pensamos sobre promoção de conteúdo são as redes sociais. Inclusive, é um bom lugar para começar a ter uma rotina para promover seus vídeos. Em 2018, 500 milhões de pessoas estavam assistindo vídeos do Facebook todos os dias. Isso acontece também no Twitter, onde os vídeos compartilhados na plataforma são retweetados 6x mais do que fotos.

Com isso em mente, as redes sociais ainda são uma plataforma muito poderosa para promover vídeos. E se você quiser acompanhar os tipos de rumores que seus vídeos são cercados, considere usar uma ferramenta de monitoramento de mídia social como Awario, Mention ou Brandwatch.

Ao configurar um alerta no Awario, você pode acompanhar e analisar sua presença na mídia social, além de obter informações ​​sobre as estratégias de promoção de vídeo de seus concorrentes.

Blog posts

Outra estratégia de promoção de vídeos que é eficiente é incorporar seus vídeos nos seus blog posts. Assim você consegue ganhar alguns links e aparecer mais nos resultados da pesquisa orgânica.

Os melhores lugares para promover seus vídeos são aqueles onde as pessoas estão ativamente pesquisando por respostas. Então pense em colocar seus vídeos em sites Q&A como o Quora. Só ache uma questão ou tópico que seu vídeo cubra e coloque ele no final de sua resposta. Entretanto, também preciso te avisar que o Quota é brilhante em detectar spammers, então tome cuidado e tente ajudar a comunidade do Quora antes de qualquer coisa.

Além disso, considere adicionar seus vídeos em fóruns ou blogs com tópicos relevantes.

Ainda outro jeito de chamar mais atenção aos seus vídeos a aqueles que tem mais probabilidade de assisti-los e gostar deles é colocando-os em suas newsletter. O problema é que essas pessoas já são seus clientes pagantes e têm maior probabilidade de clicar, pelo menos, em um link para seu vídeo. Se você quiser informá-los sobre uma próxima venda, adicione um vídeo sobre como usar seu produto ou por que ele é melhor que o de seus concorrentes, por exemplo.

5° Passo: Arme-se com as Melhores Ferramentas para SEO para Youtube.

É claro que com boas ferramentas ao seu lado, diversas tarefas que iriam consumir muito do seu tempo podem ser feitas rapidamente.

1. Youtube Analytics

YouTube analytics

YouTube analytics

 

Naturalmente, é correto iniciar este gráfico com o YouTube Analytics. A ferramenta é insubstituível quando se trata de entender seu público e como ele se envolve com seus vídeos. Também deve ser mencionado que o YouTube mudou recentemente de “Estúdio de criação” para um “YouTube Studio Beta” mais simples e intuitivo.

Basicamente, a ferramenta mostra a performance geral do seu canal assim como os dados dos vídeos específicos. YouTube Analytics também permite que você descubra os hábitos da sua audiência, analisar demograficamente e ver da onde vem o tráfego.

Também há algumas novas métricas, como impressões, taxa de cliques de impressões e espectadores únicos presentes na versão atualizada da ferramenta. Além disso, o novo YouTube Analytics compara seu desempenho de vídeo mais recente aos anteriores para acompanhar seu progresso..

2. Rank Tracker

SEO para YouTube

SEO para YouTube

 

Com o Rank Tracker você pode configurar o YouTube como o motor de busca preferido e acompanhar suas classificações. Além disso pode monitorar os resultados de seus vídeos nos recursos SERP. A ferramenta também permite que você colete palavras-chave com 23 métodos de busca diferente. Isso tudo incluindo o preenchimento automático do YouTube, para então comparar elas de acordo com os indicadores de SEO mais importantes.

Como eu já mencionei antes, a ferramenta é fantástica em descobrir palavras-chave e em rastreamento. Você pode ver as palavras-chave exatas que fazem com que os vídeos sejam exibidos entre os resultados da pesquisa orgânica. Certifique-se de verificar a métrica do YouTube Keyword Difficulty do Rank Tracker para identificar e coletar imediatamente palavras-chave fáceis de classificar.

3. Awario

SEO para YouTube

SEO para YouTube

 

De fato sabemos que os sinais sociais influenciam muito o algorítimo de classificação do YouTube. Além disso, as menções sem link provavelmente ganharão mais poder no algoritmo de classificação do YouTube, porque elas já são um sinal de classificação para o Google. Assim, você precisa acompanhar e analisar a presença da mídia social e da Internet dos seus vídeos e pesquisar mais referências e origens de links. Felizmente, o Awario pode ajudá-lo com as duas tarefas.

Para ver qual tipo de rumores e discussões rodeiam seu vídeo nas mídias sociais, simplesmente digite a URL do vídeo quando configurar um alerta. Ou você pode digitar as palavras-chave que você pesquisou e rastreá-las de dentro de um alerta e encontrar inúmeras oportunidades para promover seus vídeos. Defina a ferramenta para acompanhar apenas os resultados do YouTube e realize pesquisas aprofundadas sobre a concorrência para impulsionar seus rankings.

Além disso, você pode conectar sua conta do YouTube ao Awario para poder curtir e responder aos comentários diretamente da ferramenta.

4. Canva

SEO para YouTube

SEO para YouTube

 

Canva é um aplicativo de gráfico que oferece uma imensa seleção de templates para todos os tipos de visuais. Ele também inclui miniaturas de vídeo personalizadas. Esse aplicativo tem uma versão grátis, que é levemente limitado em termos de números de templates e membros.

Todavia, se você decidiu investir em uma conta premium, você ganha acesso a uma gigantesca base de dados com imagens e oportunidade de upar suas próprias fontes e palhetas de cores.

5. TubeBuddy

SEO para YouTube

SEO para YouTube

 

O TubeBuddy é uma extensão gratuita que facilita o trabalho dez vezes com tudo o que vem ao gerenciamento de canais do YouTube. Devido ao fato de ser uma extensão, você pode operar no YouTube sem alternar para um aplicativo externo. Com a ajuda do TubeBuddy, você pode monitorar estatísticas de vídeo ao vivo, acompanhar compartilhamentos sociais, bem como obter dicas de otimização de vídeo.

A melhor coisa sobre a ferramenta é que ela mostra os dados mencionados acima para todos os vídeos no YouTube. Assim, você pode ver como seus concorrentes otimizam seus vídeos e analisam como seus vídeos se comparam à sua concorrência.

Sumário

Isso é tudo que precisávamos falar sobre SEO para YouTube por hoje. Vamos resumir tudo que conversamos acima.

Começo otimizando seus vídeos com uma pesquisa adequada de palavras-chave, preste uma atenção especial as palavras-chave dos vídeos. Após isso, otimize os metadados do seu vídeo com as palavras que você encontrou. Não se esqueça de fazer isso nas primeiras 48 horas após o upload. Assim que seu vídeo estiver no ar, certifique-se de promove-lo e construa links. Por último, tente otimizar sua rotina de SEO para YouTube se equipando com as melhores ferramentas de otimização.

Tem alguma outra dica sobre o SEO para Youtube ou ferramentas que você acha que podíamos ter comentado? Deixem suas sugestões nos comentários abaixo!

Conheça nosso Blog!

Comentários no Facebook