Esta é segunda parte da série de artigos sobre Conteúdo Estratégico para E-commerce.
Para acessar a Parte 01 –> Clique Aqui.

Se desejar ser informado das próximas partes, por favor: Cadastre-se ou siga-nos no Facebook.

Agora que já entendemos O que é esse conteúdo estratégico para E-commerce e sabemos da sua importância para gerar mais conversões, vamos nos aprofundar um pouco mais nesse mundo…

Um mundo de conteúdo: Um conteúdo único, que traga a essência de sua marca e de sua empresa…

Um conteúdo realista e verdadeiro, baseado no entendimento e conhecimento das reais necessidades e desejos de seu cliente!

Prontos para essa jornada? 🙂

Por que devo investir em conteúdo personalizado?

Investir em Conteúdo personalizado traz inúmeras vantagens. Assim podemos nos direcionar a um cliente rentável.

Algumas delas, que podemos destacar são:

  • Fortalecimento da sua marca da sua empresa, aumentando o valor e a relação de confiança de seu cliente e sua loja virtual. Os clientes deixam ser meros compradores e se “Apaixonam por seus produtos ou seu e-commerce”;
  • Clientes mais informados sobre seus produtos tomam decisões de compra acertadas e ficam extremamente satisfeitos;
  • Seu conteúdo vai ser mais comentando, mais compartilhado que o de seus concorrentes;
  • Ele aumenta o tráfego gratuito para seu site, favorecendo também uma boa indexação nos mecanismos de buscas (SEO);
  • E por fim, nosso grande e maior objetivo: Você vai gerar muito mais vendas, as tão sonhadas: Conversões!

Qual informação deve conter essa estratégia de conteúdo?

Para responder essa pergunta, teremos que responder outra pergunta antes…

Você sabe para quem você está escrevendo?

Se você quer entregar valor a essa pessoa, você deve conhecê-la a fundo, entender “esse perfil” de seu consumidor.

Esse processo de entender e descrever o seu cliente é denominado de identificação do público alvo, também conhecido como criação da Persona (ou buying personas).

Como eu já havia comentando no Vídeo da parte I desse artigo que iria explicar posteriormente esse processo, vou fazê-lo agora também via vídeo, assim fica fácil pra você entender rever sempre que precisar!

Quais erros posso estar cometendo sem saber, durante a produção de Conteúdo?

Já falamos bastante sobre a importância de um Conteúdo útil e relevante para sua Persona. Todavia, muitas vezes cometemos alguns erros, sem perceber, que podem “assinar” nossa estratégia.

Entre esses erros podemos destacar:

– Quando falamos em relevância, queremos dizer diferentes tipos de conteúdos, adaptados para cada canal e público daquele canal. Logo, se você posta algo para o seu público no Facebook, é um grande erro adicionar a informação de forma idêntica, por exemplo, no LinkedIn, onde o perfil do público é totalmente diferente;

– Nunca crie um conteúdo por meio do método “Ctrl C + Ctrl V”, mesmo que cite a fonte. Então, sempre faça a sua versão personalizada do conteúdo, adicionando novas informações. Se quiser pode ainda citar a fonte, mas nada de copiar na integra;

– Não fique tentando vender seu produto ou serviço. Mostre os benefícios e destaque como esse produto pode ser usado e fazer a diferença na vida de seu cliente;

– Faça um planejamento e crie uma rotina de produção de conteúdo. Por exemplo, duas postagens diárias no Facebook, 5 cadastros de produtos no site de vendas, 3 artigos por semana no blog, 02 envios de mala direta por semana e assim por diante;

– Ao escrever seu conteúdo tente contar histórias, de modo a torná-lo interessante e educativo. Portanto pense em escrever algo que seu público gostaria tanto, que até compartilharia por você;

– De maneira indireta, encaminhe seu cliente para uma ação.
Por exemplo, “se você gostou dessa informação e quer saber mais sobre isso, veja o produto/ serviço…”

Ex: Agora que você sabe mais sobre X, conheça o produto/serviço Y.

Concluindo

Baseado no perfil da sua Persona e em seu objetivo com essa estratégia, você escolherá quais as melhores mídias (blogs, mídias sociais, mala direta, etc) para se investir, as quais se encaixam com esse perfil e objetivo.

Então, se você vende roupas para cachorro, não adianta identificar seu cliente e seu objetivo e fazer uma imagem toda personalizada, para um anúncio e adicioná-lo num blog de roupas para crianças.

Na hora de escrever seu conteúdo tente sempre se colocar no lugar de seu cliente, imagine-se comprando aquele produto, e responda: qual informação você precisaria para comprar?

E após isso, seja original, divertido e interessante! E se conseguir, seja também irresistível, ehehe…

Ah, e só mais um detalhe… Marketing de Conteúdo traz ótimos resultados, mas é um trabalho constante e de longo prazo, por isso persista e seja paciente.

E ai gostou desse conteúdo? Acha que esta pronto para colocar essa estratégia em prática?

Deixe seus comentários e dúvidas abaixo.

Até a próxima…

Sucesso! 🙂